Under user's 2007-2017 © Copyright only the texts signed by Karinna Alves Gulias - all rights reserved. I made sure all shared contents have their respective references; if you find any without, please let me know.

Search this blog

29 November 2011

Dilma Roussef, o progresso e as capitanias hereditárias?













"A manifestação acontecida nesta terça-feira (29/11), em Brasília, mostrou que a Câmara dos Deputados e o Senado não vêm representando os interesses da sociedade brasileira nas discussões sobre as mudanças no Código Florestal. Milhares de estudantes, ambientalistas, pesquisadores, agricultores familiares, parlamentares progressistas e representantes da sociedade civil organizada ocuparam o gramado em frente ao Congresso e a Praça dos Três Poderes para mostrar que o Brasil não aceita as modificações na legislação ambiental, que beneficiam apenas os interesses dos ruralistas."

"A ex-senadora e ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva defendeu a mobilização popular para que os senadores possam rejeitar os retrocessos e para que a presidente da República, Dilma Rousseff, vete os dispositivos que promovam anistia e reduzam proteção das reservas legais e APPs. “Dilma está mais do que respaldada para vetar esses pontos, cumprindo o que ela prometeu durante o segundo turno das eleições”, destacou."


Pois, a Dilma está se mostrando ser um estorvo. Um modelo depreciativo, sem força. Além de estar defendendo um progresso idealista desatualizado e contra os interesses ambientais e culturais do país. O futuro é verde, será que ela precisa entrar na fila do senso comum (pois nem precisa ser da inteligência neste ponto) mais de 10 mil vezes para cair a ficha?

No fim das contas o erro foi nosso de não ter votado na Marina da Silva por preconceitos burgueses ridículos. É óbvio se prestar a atenção nas escolhas que tivemos:

Marina Silva foi ministra do Meio Ambiente (energia verde e limpa).

Dilma Roussef foi ministra de Minas e Energia (deveria ser pesquisa e energia verde, mas agora se mostra um retrocesso ao "progresso nacionalista" e até às capitanias hereditárias?)

Bem, Serra nem vale a pena incluir nessa lista, é um parvo. Já ter entrado no último turno à presidência mostra o quanto a burguesia brasileira (em especial paulistana) é atrasada.

Sinceramente espero que o povo vá a rua e lute, pois se deixar essa burguesia com baixa auto-estima continuar direcionando o país, a tendência é terminar ou num deserto imenso para os pobres ou num espelho Nova Yorquino de vaidades para a burguesia.

No comments: