Under user's 2007-2017 © Copyright only the texts signed by Karinna Alves Gulias - all rights reserved. I made sure all shared contents have their respective references; if you find any without, please let me know.

Search this blog

24 September 2018

Avisa-me

Avisa-me que o tempo já passou
Enquanto as suas pernas balançam
dentro d'água

Amando os outros (peixes)

O vento pendente e descalço
de diferentes vocalizações
ou suspiros

Que você respira enquanto dorme

Ao alto, lá fora,
uma arquitetura de boquerones
toma o céu
E anuncia a tarde

Saudoso de olhos do leste

Eu já não me satisfaço com o sacrifício
O sacrifício das aparências já basta
Eu, que segui o caminho dos mais novos
e as letras dos mais velhos

Dos defuntos sem vaidades

Avisa-me que o tempo já passou
e as competições são inúteis
Os filhos dos outros cresceram
As portas e janelas
abriram e fecharam muitas vezes
Antes de virarem árvore outra vez
aos olhos do meu bebê.


De Karinna Alves Gulias

No comments: